sábado, 16 de novembro de 2013

Carboidrato Simples X Carboidrato Integral: Qual escolher?

Você sabe qual é a diferença entre o carboidrato simples e o integral?

  



carboidrato simples passa por um processo de "limpeza", onde os grãos são polidos para que haja alteração em sua textura (mais macio) e no seu sabor (suavidade) e, consequentemente perde grande parte de seus nutrientes. Esse carboidrato é pobre em proteína.
  

 Já o carboidrato integral tem seu processo alterado: o grão não é polido, continua com sua textura mais firme e o sabor mais forte, e, portanto, preserva a sua carga de nutrientes. Ele é rico em proteínas, fósforo, ferro, cálcio, vitamina B, fibras e gorduras "do bem".  
   Há uma pequena diferença calórica entre eles, onde o Integral ganha em quantidade de calorias...


...Porém...  

...Já é comprovado que consumir carboidratos integrais auxilia o processo de emagrecimento!

Mas se o carboidrato integral é mais calórico, como pode auxiliar no meu emagrecimento?

Esse tipo de nutriente é rico em fibras e tem baixo índice glicêmico, fazendo com que a energia da comida seja liberada no organismo de forma bem gradativa, dando mais sensação de saciedade e evitando que a energia não utilizada se transforme em gordura acumulada no seu corpo.

O carboidrato simples - ao contrario dos benefícios do integral - Aumentam de maneira rápida o índice glicêmico, onde quanto maior for essa taxa, mais rápida é a queda da glicose no sangue, e ai sofremos com a fome pois diminui-se a sensação de saciedade.

Volto a lembrar que num processo de emagrecimento nosso corpo precisa de um balanceamento dos nutrientes disponíveis e que o carboidrato é importante, porém em poucas quantidades. Para que você se oriente melhor na hora de escolher qual carboidrato ingerir, seguem sugestões:

- Arroz Integral
- Barra de cereais
- Aveia
- Milho
- Pão Integral
- Cereais Matinais (sem açúcar)
- Leguminosas
- Massas Integrais
- Verduras
- Frutas


Dicas:

- A batata é perigosa! Ela libera doses altíssimas de açúcar no sangue. Se tiver que ingerir, prefira cozida em pedaços ou assada (isso diminui um pouquinho seu índice glicêmico).

- Escolha comer a fruta com casca, e não bate-la no liquidificador - a bebida perde parte das fibras nesse processo. 

- Verduras e legumes devem ser comidos crus para manter as fibras. Crie saladas com essas opções.

- Cenoura, melancia e beterraba são famosas por terem grande quantidade de açúcar, porem podem ser consumidas normalmente pois possuem pouquíssima quantidade de carboidrato, o que não permite que o pico de glicose ser acelerado.


Volto com outras dicas, fique de olho!

Beijos,

Carol Procópio



Um comentário:

arlete cristina costa oliveira disse...

oi carol, adorei bastante esclarecedor, minha dúvida é a seguinte:Fazem duas semanas troquei, os branco por integrais, arroz, pão e farinha de trigo. Quando estou fora e não consigo levar minha marmitinha é errado ceder à aquelas 4 colheres de arroz branco, ou aquele pão frances sem o miolo ou isso acaba com a dieta? Bjus parabens pelo Blog ja estou seguindo.