segunda-feira, 7 de abril de 2014

Reloginho da alimentação: Comer na hora certa - Estratégia para emagrecer

Na minha página no facebook sempre posto as minhas refeições. Meus seguidores já devem ter notado que tenho hora marcada para comer, e hoje vou explicar o motivo.  

Já sabemos que precisamos nos alimentar pra ter uma vida saudável e para nosso organismo funcionar direitinho, ou seja, primeiro passo nós já estamos trabalhando (já que temos que nos alimentar, que seja uma alimentação saudável). Uma coisa que nos ajuda muito nessa busca do corpo ideal e da saúde é manter um cronograma para fazer refeições. Mesmo com uma rotina apertada é possível seguir uma dieta equilibrada e fracionada. Basta ter compromisso com a própria qualidade de vida.

O ideal é fazer seis refeições por dia: café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia. O intervalo entre cada uma delas deve ser de aproximadamente três horas. Estudos recentes dizem que: são necessárias em média 3 horas para o nosso organismo digerir cada refeição, e que os aminoácidos duram cerca de 3 horas na corrente sanguínea.



Quais os benefícios de comer a cada 3 horas?

Além das explicações acima, destaquei algumas vantagens para te convencer a se alimentar nos horários certinhos:
- Acelera o metabolismo. 
- Não dá tempo de ter fome 
- Mantém os níveis de energia altos 
- Evita a destruição dos músculos 
- Melhor utilização dos nutrientes por parte do organismo 
- Diminui a armazenamento de gordura 
Pular refeições, um ou outro dia, não é tão relevante, mas pode causar tontura, fraqueza, mal-estar e dor no estômago. Se a má alimentação e a falta das seis refeições diárias tornarem-se hábito, além de uma combinação inadequada ou insuficiente de nutrientes, poderão ocasionar problemas mais sérios, decorrentes das deficiências de algumas vitaminas e minerais, e o resultado poderá ser a queda de cabelo, unhas quebradiças, úlcera, gastrite, entre outros problemas.
Vamos entender melhor a importância de cada refeição:  
Café da manhã: Pode ser considerado a refeição mais importante, pois segue o maior intervalo de tempo em que ficamos sem nos alimentar desde a última refeição. Se a pessoa pular o café da manhã, pode sentir falta de energia para realizar atividades durante o dia e, além disso, a taxa de açúcar no sangue pode cair – é a chamada hipoglicemia.  
Lanche da manhã e da tarde: Os lanches intermediários devem ser feitos para que a pessoa não sinta fome, nem exagere ao se alimentar no horário das principais refeições. 
Almoço: É a refeição que consiste no maior consumo de grupos de alimentos nobres e variados: fontes de proteínas são do grupo dos construtores, as de fibras, vitaminas e sais minerais, são do grupo de alimentos reguladores. E os carboidratos, também chamados de grupo dos energéticos. Com a dieta equilibrada no almoço, ganhamos energia para continuar as atividades e suprir parte das necessidades nutricionais diárias. 
Jantar: Essa refeição possui a mesma importância das demais e se compara ao almoço. Recupera a energia que se gasta ao longo do dia, mas deve ser levado em consideração que, por ser a última refeição de maior “volume” do dia, é preciso ter cautela e evitar os abusos, pois logo você vai dormir, e a digestão deve ser facilitada com a escolha de preparações leves. A escolha pode até interferir na qualidade do sono. 
Ceia: Como vai se passar um longo tempo sem alimentação, recomenda-se um lanche bem leve, como uma torrada, chá e frutas.
Vou dar meu exemplo.
Eu acordo as 8H30. Minha rotina alimentar segue assim:
09h - Café da manhã
12h - Almoço
15h - Lanche 1
18h - Lanche 2
21h - Jantar
00h - Ceia
 

Faça um cronograma de acordo com o horário que você acorda e que vai dormir, intercalando as refeições a cada 3 horas. Você vai notar grandes diferenças na balança, no sono e na disposição.

2 comentários:

kellen leonor disse...

meus horarios são parecidos,mas não faço ceia 00:00,durmo antes disso,mas estou super tranquila,e procuro não ultrapassar 3 horas para me alimentar,muito boa essa dica Carol,bjsss

Marina Salles disse...

O meu é assim acordo 5:30, as 6:30 tomo chá de hibisco ou água com limão, 8:00 café da manhã, 11:00 lanche 1, esses horários estou no trabalho. Em casa 14:00 almoço, 17:00 lanchinho e 20:00 janta e não tem ceia. Durmo cedo. O que vc acha Carol?