segunda-feira, 31 de março de 2014

Os erros mais cometidos nas dietas: Top 10



Quando estamos na luta pra diminuir o peso, enfrentamos inúmeros obstáculos. Ao meu ver, o pior deles é pensar estar fazendo o certo quando na verdade o que acontece é exatamente o contrário. 

Numa dieta, existem vários pontos que devem ser levados em conta, por isso não é tão simples seguir uma rotina sem o auxilio de um profissional. O funcionamento parece  simples: refeições saudáveis e exercícios, mas ao contrário do que muitas pessoas pensam, ter uma alimentação pouco calórica não é garantia de uma silhueta mais fina.

Separei uma lista com os 10 erros mais comuns de quem faz dieta por conta própria:


1 - Bebidas alcoólicas: Evite o álcool. Uma lata de cerveja possui em média 600kcal – o suficiente para destruir o trabalho de uma semana inteira de batalha, tendo em vista que ela sempre será um complemento (você não vai tomar só a cerveja em jejum, vai?).

2 - Pular refeições: Isso só ira prejudicar seu emagrecimento. O ideal é comer a cada três horas para que o metabolismo continue acelerado ao longo do dia, o que ajuda a queimar calorias e controlar a fome.

3 - Líquidos em poucas quantidades: todo mundo precisa consumir pelo menos 2,5 litros de bebidas não alcoólicas e não açúcaradas por dia. Além de água, isso inclui chá, suco natural ou sopa. Tudo conta.

4 - Alimentos light em excesso: Sua função é economizar calorias desde que sejam ingeridos com moderação. Procure alimentos saudáveis e funcionais, e não só substituir tudo pela versão light.

5 - Comer rápido: A maneira que se come é fundamental para conseguir se saciar, evitar o inchaço e melhorar a digestão. Vai muito além dos fatores mecânicos, é extremamente psicológico. Tire um tempo para cada refeição, concentre-se nos talheres, mastigue bem (no mínimo 22 vezes) e fique longe de televisão e telefones durante o almoço e o jantar.

6 - Comer poucos legumes: qualquer dieta deve ser rica em fibras, e os legumes e verduras contribuem generosamente para isso. Por isso, o indicado é consumir uma porção generosa no almoço e no jantar.

7 - Pular o café da manhã: pular a primeira refeição do dia diminui a quantidade de açúcar no sangue e aumenta a fome mais tarde. O resultado é um metabolismo lento e um almoço com porções maiores.

8 - Não fazer lanches entre as refeições: Se estiver em dúvida do que consumir, coloque iogurte, frutas, barra de cereais, cubinhos de cenoura e tomate-cereja em seu carrinho de compras.

9 - Excesso de sal: O sal não é calórico, mas ajuda a reter líquidos, além de aumentar o risco de hipertensão e doenças cardiovasculares. Opte por temperos mais saudáveis.

10 - Reduzir o consumo de carboidrato à noite: Muitas pessoas pensam que comer carboidratos após às 18h é proibido. Realmente o metabolismo no período da noite apresenta menor atividade, mas o corpo continua funcionando até quando você dorme. Portanto, não há diferença se você consumir carboidrato de dia ou de noite, desde que ele esteja em quantidade adequada. 

Um comentário:

Marina Salles disse...

Obrigada pelas dicas, lendo e apredendo muitooooo....